Maria Matos Teatro Municipal
A A
pt | en
 

Nova Árgea

ANDRÉ GUEDES
Palco da sala principal
PERFORMANCE
2 a 4 fevereiro 2017 → quinta e sexta: 21h30 / sábado: 18h30 e 21h30

Nova Árgea é a versão cénica de uma instalação apresentada em 2012 no centro cultural Phakt, no âmbito da bienal de arte contemporânea de Rennes. Foi concebida em contraponto ao contexto onde se situa este centro cultural, no complexo urbanístico Le Colombier, de meados dos anos 1970, que tem como maior atração um centro comercial. Na mesma época e durante o PREC (Processo Revolucionário em Curso), no pós-25 de Abril, foi criada em Árgea, Torres Novas, a cooperativa agrícola A Comunal. Os seus fundadores eram gente da cidade que, na busca do ideal revolucionário de fraternidade entre classes sociais, procuraram criar um projeto de comunidade com os camponeses e proletariado rural baseado na troca de conhecimento e na contribuição de todos os envolvidos para o fazer comum.
Inspirada em A Comunal, Nova Árgea coloca os membros de uma comunidade ficcional envolvidos em torno de um jogo da artista Clara Batalha, numa narrativa visual que coexiste com textos da poeta Fiama Hasse Pais Brandão, do urbanista francês Gaston Bardet e de periódicos da época. 

sábado 4 fevereiro → 19h30 
conversa sobre comunidade e cooperativismo com antigos participantes de A Comunal: Carlos Clara, Manuela Fazenda e Pedro Fazenda



Ficha artística

conceção e direção: André Guedes intérpretes (diaporama): Tiago Barbosa, Antonia Buresi, Matthieu Ehrlacher, Elizabete Francisca, Vera Mantero e João Ferro Martins voz: Sara Graça e Paula Só música: Tiago Miranda jogo de tabuleiro e desenhos: Clara Batalha textos (excertos): Fiama Hasse Pais Brandão, Clara Batalha, Gaston Bardet, André Guedes, artigos sobre a cooperativa A Comunal do jornal A Gazeta da Semana (1976) e da revista Século Ilustrado (1975) fotografias: André Carvalho, André Guedes, Tugba Karop produção da versão original: Les Laboratoires de Rennes – Biennale d’Art Contemporaine, Phakt – Centre Culturel Colombier produção executiva (2017): Culturproject coprodução: Maria Matos Teatro Municipal 

Uma apresentação da rede House on Fire, com o apoio do Programa Cultura da União Europeia


Preçário

6€ a 12 ● M/12  duração: 45 min ● lotação reduzida


Também poderá gostar

Biografias

Fotos

Vídeo

Críticas e antecipações

Não existem críticas.

Comentários

Sinopse

Nova Árgea é a versão cénica de uma instalação apresentada em 2012 no centro cultural Phakt, no âmbito da bienal de arte contemporânea de Rennes. Foi concebida em contraponto ao contexto onde se situa este centro cultural, no complexo urbanístico Le Colombier, de meados dos anos 1970, que tem como maior atração um centro comercial. Na mesma época e durante o PREC (Processo Revolucionário em Curso), no pós-25 de Abril, foi criada em Árgea, Torres Novas, a cooperativa agrícola A Comunal. Os seus fundadores eram gente da cidade que, na busca do ideal revolucionário de fraternidade entre classes sociais, procuraram criar um projeto de comunidade com os camponeses e proletariado rural baseado na troca de conhecimento e na contribuição de todos os envolvidos para o fazer comum.
Inspirada em A Comunal, Nova Árgea coloca os membros de uma comunidade ficcional envolvidos em torno de um jogo da artista Clara Batalha, numa narrativa visual que coexiste com textos da poeta Fiama Hasse Pais Brandão, do urbanista francês Gaston Bardet e de periódicos da época. 

sábado 4 fevereiro → 19h30 
conversa sobre comunidade e cooperativismo com antigos participantes de A Comunal: Carlos Clara, Manuela Fazenda e Pedro Fazenda

Críticas e antecipações

Não existem críticas.

Preço



Preçário

6€ a 12 ● M/12  duração: 45 min ● lotação reduzida


Descontos

Comentários

s t q q s s d
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31