Maria Matos Teatro Municipal
A A
pt | en
 

Romantismo e Revolução

MICHAEL LÖWY e ANTÓNIO GUERREIRO
Palco da sala principal
DEBATE E PENSAMENTO
9 fevereiro 2017 → quinta: 17h30


O sociólogo Michael Löwy nasceu no Brasil na década de 1930, filho de pais judeus vindos de Viena de Áustria. Iniciou os seus estudos em ciências sociais na cidade de São Paulo mas foi com a ida para Paris, onde vive, que o trabalho se desenvolveu. Löwy traça pontes entre o pensamento de tradição marxista, o surrealismo e o anarquismo. Os seus escritos sobre a influência do marxismo na América Latina tiveram grande repercussão internacional, mas a sua obra estende-se a temas tão amplos como o do judaísmo libertário e o do romantismo de inspiração socialista. Nesta conversa entre Michael Löwy e o crítico e ensaísta António Guerreiro, será abordada a relação entre Romantismo e Revolução.
A anteceder este encontro, a partir das 17h30, terá lugar uma introdução geral à obra de Löwy, em particular ao seu pensamento marxista romântico. Esta apresentação estará a cargo de José Neves, professor do departamento de História da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e editor do livro Utopias: Ensaios sobre Religião, Política e História (2016), uma coletânea de ensaios de Michael Löwy.


17h30 → introdução à obra de Michael Löwy pelo historiador José Neves
18h30 → conversa Michael Löwy e António Guerreiro


Apresentação no âmbito da rede House on Fire, com o apoio do Programa Cultura da União Europeia
 

Uma parceria entre o Teatro Maria Matos e o Instituto de História Contemporânea, da Universidade Nova de Lisboa, no âmbito do seu programa em torno do centenário da Revolução de Outubro

Apoio streaming


(sujeita à lotação) mediante levantamento de bilhete no próprio dia a partir das 15h • em português  duração: 2h



Também poderá gostar

Biografias

Fotos

Vídeo

Críticas e antecipações

Não existem críticas.

Comentários

Sinopse


O sociólogo Michael Löwy nasceu no Brasil na década de 1930, filho de pais judeus vindos de Viena de Áustria. Iniciou os seus estudos em ciências sociais na cidade de São Paulo mas foi com a ida para Paris, onde vive, que o trabalho se desenvolveu. Löwy traça pontes entre o pensamento de tradição marxista, o surrealismo e o anarquismo. Os seus escritos sobre a influência do marxismo na América Latina tiveram grande repercussão internacional, mas a sua obra estende-se a temas tão amplos como o do judaísmo libertário e o do romantismo de inspiração socialista. Nesta conversa entre Michael Löwy e o crítico e ensaísta António Guerreiro, será abordada a relação entre Romantismo e Revolução.
A anteceder este encontro, a partir das 17h30, terá lugar uma introdução geral à obra de Löwy, em particular ao seu pensamento marxista romântico. Esta apresentação estará a cargo de José Neves, professor do departamento de História da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e editor do livro Utopias: Ensaios sobre Religião, Política e História (2016), uma coletânea de ensaios de Michael Löwy.


17h30 → introdução à obra de Michael Löwy pelo historiador José Neves
18h30 → conversa Michael Löwy e António Guerreiro

Críticas e antecipações

Não existem críticas.

Preço



(sujeita à lotação) mediante levantamento de bilhete no próprio dia a partir das 15h • em português  duração: 2h



Descontos

Comentários

s t q q s s d
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31