Maria Matos Teatro Municipal
A A
pt | en
 

The body as a sound post-gender instrument

AKELARRE CYBORG (Barcelona)
Sala de ensaios
TEATRO
6 e 7 junho 2015 sábado e domingo 11h às 17h

Neste workshop de dois dias, os participantes são introduzidos na arte da performance enquanto instrumento político, através da modificação dos corpos com recurso a diferentes tipos de próteses e da criação de identidades híbridas, que procuram ultrapassar dicotomias como natural/artificial, homem/máquina, humano/animal, homem/mulher, hetero/homo, arte/vida, ciência/pré-tecnologia, entre outras.
Akelarre Cyborg é um projeto de dois laboratórios artísticos, Transnoise e Quimera Rosa, que investigam e experimentam questões de género e sexualidade e as suas relações com as artes e a tecnologia. O seu trabalho centra-se na criação coletiva de artefactos do-it-yourself enquanto ferramenta de re-significação da nossa relação com a tecnologia e no seu papel na produção de subjetividade. Ao mesmo tempo, tenta criar um espaço recreativo através do desenvolvimento de organismos híbridos (cyber drag) num processo simbólico de mutação de objetos quotidianos. 
Através da manipulação de pequenos circuitos eletrónicos serão construídas exoesculturas que serão usadas numa performance final. 



Gender Trouble é um projecto House on Fire com o apoio do Programa Cultura da União Europeia
 
Preçário

Preço único: 10€ ● em inglês, com possibilidade de adaptação no decorrer da atividade às línguas espanhola, francesa, grega, galega e portuguesa
excecionalmente não se aceitam reservas  venda disponível até 48h antes do início do workshop
Máximo 20 participantes ● Não é necessária experiencia prévia ● Os participantes podem trazer os seus próprios materiais

Também poderá gostar

Biografias

Fotos

Vídeo

Críticas e antecipações

Não existem críticas.

Comentários

Sinopse

Neste workshop de dois dias, os participantes são introduzidos na arte da performance enquanto instrumento político, através da modificação dos corpos com recurso a diferentes tipos de próteses e da criação de identidades híbridas, que procuram ultrapassar dicotomias como natural/artificial, homem/máquina, humano/animal, homem/mulher, hetero/homo, arte/vida, ciência/pré-tecnologia, entre outras.
Akelarre Cyborg é um projeto de dois laboratórios artísticos, Transnoise e Quimera Rosa, que investigam e experimentam questões de género e sexualidade e as suas relações com as artes e a tecnologia. O seu trabalho centra-se na criação coletiva de artefactos do-it-yourself enquanto ferramenta de re-significação da nossa relação com a tecnologia e no seu papel na produção de subjetividade. Ao mesmo tempo, tenta criar um espaço recreativo através do desenvolvimento de organismos híbridos (cyber drag) num processo simbólico de mutação de objetos quotidianos. 
Através da manipulação de pequenos circuitos eletrónicos serão construídas exoesculturas que serão usadas numa performance final. 


Críticas e antecipações

Não existem críticas.

Preço

Preçário

Preço único: 10€ ● em inglês, com possibilidade de adaptação no decorrer da atividade às línguas espanhola, francesa, grega, galega e portuguesa
excecionalmente não se aceitam reservas  venda disponível até 48h antes do início do workshop
Máximo 20 participantes ● Não é necessária experiencia prévia ● Os participantes podem trazer os seus próprios materiais

Descontos

Comentários

s t q q s s d
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31