Maria Matos Teatro Municipal
A A
pt | en

Redes

 



Desde setembro de 2015, o Teatro Maria Matos integra a rede europeia IMAGINE 2020, cuja missão é apoiar, produzir e apresentar trabalhos artísticos que exploram as causas e os efeitos das mudanças climáticas, com o objetivo de aumentar a consciência acerca desta questão. A rede IMAGINE 2020 procura assim contribuir para que ocorra uma mudança, tanto no sector cultural como na sociedade em geral, em direção a comportamentos que promovam a sustentabilidade ecológica. IMAGINE 2020 é apoiada pelo programa Europa Criativa e é composta por onze parceiros europeus.

Kaaitheater (Bruxelas, Bélgica), Artsadmin (Londres, Grã-Bretanha), Bunker Productions (Ljubljana, Eslovénia), London International Festival of Theatre - LIFT (Londres, Grã-Bretanha); Coalition for art and sustainable development – COAL (Paris, França), New Theatre Institute of Latvia (Riga, Letónia), Domino (Zagreb, Croácia), Rotterdamse Schouwburg (Roterdão, Países Baixos), Kampnagel (Hamburgo, Alemanha), Transforma (Torres Vedras, Portugal) e Teatro Maria Matos (Lisboa, Portugal). 


Criada pelo Teatro Maria Matos em 2011, a rede House on Fire promove projetos temáticos multidisciplinares e coproduz novas criações no âmbito das artes performativas que pretendam contribuir para o debate de questões políticas e sociais da atualidade. House on Fire é constituída por dez teatros e festivais europeus e é apoiada pelo Programa Cultura da União Europeia para o período 2012-17.
 
Maria Matos Teatro Municipal/EGEAC (Lisboa, Portugal) — coordenador, Kaaitheater (Bruxelas, Bélgica), BIT Teatergarasjen (Bergen, Noruega), Archa Theatre (Praga, República Checa), Théâtre Garonne (Toulouse, França), Frascati Theater (Amesterdão, Holanda), Malta Festival (Poznan, Polónia), brut Wien (Viena, Áustria), HAU Hebbel am Ufer (Berlim, Alemanha) e LIFT/London International Festival of Theatre (Londres, Grã-Bretanha)
 

 
Através da descoberta de novas abordagens e modelos de produção que contribuam para um maior envolvimento direto dos públicos nas atividades artísticas, a rede congrega 13 organizações europeias ligadas à cultura e à investigação. Create to Connect é apoiada pelo Programa Cultura da União Europeia para o período 2013-18.
 
Bunker (Ljubljana, Eslovénia), Maria Matos Teatro Municipal/EGEAC (Lisboa, Portugal), Altart Foundation (Cluj, Roménia), Arts Admin (Londres, Grã-Bretanha), Santarcangelo dei Teatri (Santarcangelo, Itália), Noorderzon Performing Arts Festival Groningen (Groningen, Holanda), Arts & Theatre Institute (Praga, República Checa), Festival De Keuze/Rotterdamse Schouwburg (Roterdão, Holanda), Walking Theory (Belgrado, Sérvia), Parc et Grande Halle de la Villette (Paris, França), Fond B92/Cultural Center REX (Belgrado, Sérvia), Balkan Express (Eslovénia/Bélgica/Turquia/Montenegro) e Institute for Applied Theatre Studies (Gießen, Alemanha)
 
A Rede 5 Sentidos foi criada em 2009 com o intuito de promover a programação cultural e a produção artística em rede. Atualmente composta por 11 equipamentos culturais do país, a 5 Sentidos procura apoiar e dinamizar o desenvolvimento das artes performativas em Portugal, organizando digressões de espetáculos e apoiando a produção de novas criações através de cofinanciamentos, coproduções e residências. A estratégia da rede 5 Sentidos ― assente na troca de saberes, processos e experiências de trabalho ― visa fortalecer o desempenho dos parceiros, dinamizar a criação artística e alargar os públicos.
 
s t q q s s d
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28